Home » Notícias » Destaques, Notícias, Notícias CAU/RS » Vitória em nome do ensino de qualidade!

Vitória em nome do ensino de qualidade!

Print Friendly, PDF & Email

Após ação movida pelo CAU/RS, Inep suspende reconhecimento de graduação EAD em Arquitetura e Urbanismo.

Garantir o ensino de qualidade na Arquitetura e Urbanismo, prezando a segurança da sociedade como um todo, é uma das pautas prioritárias do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU/RS).

Em recente ação movida contra o Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), o Conselho obteve uma importante vitória sobre o avanço de graduações realizadas na modalidade a distância (EAD). Clique aqui para ler a petição inicial.

Após constatar as irregularidades apontadas pelo CAU/RS na ação judicial, o Inep decidiu suspender o processo de Reconhecimento de Curso EAD de Arquitetura e Urbanismo da Anhanguera UNIDERP. Clique aqui para ler a suspensão pelo Inep.

Veja abaixo as irregularidades presentes no curso e listadas pelo Conselho na ação:

  • Plano pedagógico do curso em desatendimento às Diretrizes Curriculares Nacionais, consoante Resolução n.º 2/10 do Conselho Nacional de Educação (Câmara de Educação Superior) artigos 3º, IV, 6º, § 5º, III e IV;
  • Ausência de oitiva do CAU no processo de reconhecimento do curso em questão;
  • Ausência de efetiva comprovação do cumprimento do disposto nos artigos 40, 42 e 46 do Decreto n.º 9.235/17, tais como ausência de supervisão e avaliação do curso, bem como ausência de avaliação externa in loco pela Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação.

“EAD não é modalidade e sim, uma ferramenta. O CAU é favorável à incorporação das ferramentas tecnológicas no ensino, mas é inaceitável a substituição de todas as práticas de ensino por uma única ferramenta. Além disso, o CAU não aceita as decisões unilaterais do MEC a respeito do ensino de Arquitetura e Urbanismo sem a participação do Conselho e das entidades profissionais. Essa decisão unilateral é leiga e ilegítima e não mantém nenhum compromisso com as reais necessidades do ensino e da profissão”, aponta o presidente do CAU/RS, Tiago Holzmann da Silva.

Saiba mais

Em abril deste ano, para defender o ensino de qualidade e assegurar uma profissão abrangente, a serviço de toda a sociedade, o CAU/RS lançou a campanha EAD NÃO, que alerta para os riscos do Ensino a Distância.

O incentivo aos cursos na “modalidade EAD” é um exemplo do desprezo pela qualidade, pois elimina completamente as atividades presenciais, atelier de projeto, laboratórios, bibliotecas, interação entre professores e estudantes, com o único objetivo do barateamento e sob o falso argumento de “democratização”. Em julho, o CAU/RS, junto a outros conselhos profissionais, entregou um documento ao Ministério Público Federal. O texto alerta sobre a inadequação da graduação na modalidade Ensino a Distância sobretudo em profissões de natureza técnica, como é o caso da Arquitetura e Urbanismo. Leia o documento na íntegra.

 

Conheça mais ações do CAU/RS em defesa do ensino de qualidade.

 

 

  • Pin It


2 Responses to Vitória em nome do ensino de qualidade!

  1. EAD é modalidade, quer o CAU queira ou não. Espero q as irregularidades sejam sanadas e q os alunos não sejam prejudicados.

  2. A luta por educação de qualidade deve ser de todos nós e é ótimo perceber que o CAU/RS está à frente desta luta na formação de arquitetos e urbanistas.
    Não vejo o EAD como “a fonte de todos os males”, mas certamente é fundamental ter métodos e estratégias validadas de ensino que não prejudiquem a formação dos profissionais nas mais diversas áreas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos marcados com * são obrigatórios.

*