Home » Notícias » Destaques, Notícias, Notícias CAU/RS » CAU Mais Perto na Serra Gaúcha: Garibaldi, Bento Gonçalves e Farroupilha

CAU Mais Perto na Serra Gaúcha: Garibaldi, Bento Gonçalves e Farroupilha

Revitalização da Rua Buarque de Macedo em Garibaldi. Foto: Roni Rigon/Agência RBS

A arquitetura da Serra Gaúcha é marcada pela colonização italiana e alemã, mas sua estética não se resume à arquitetura histórica e colonial. Hoje em dia, é forte a presença da arquitetura contemporânea e de profissionais capacitados para projetar a evolução das cidades.

Nesta semana, o CAU Mais Perto, programa de atendimento aos arquitetos e urbanistas e fiscalização do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul (CAU/RS), estará em Garibaldi, Bento Gonçalves e Farroupilha para prestar atendimento presencial e promover ações de fiscalização conforme o cronograma a seguir:

Garibaldi

  • Dia: 25/04/2017, terça-feira
  • Horário: das 10h às 12h e das 13h às 16h30
  • Local: Câmara de Indústria e Comércio de Garibaldi (Av. Perimetral Léo A. Cisilotto, 897)

Bento Gonçalves

  • Dia: 26/04/2017, quarta-feira
  • Horário: das 10h às 12h e das 13h às 17h
  • Local: Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves (Av. Dr. Casagrande, 270)

Farroupilha

  • Dia: 27/04/2017, quinta-feira
  • Horário: das 10h às 12h e das 13h às 16h30
  • Local: Câmara de Vereadores de Farroupilha (Rua Júlio de Castilhos, 420)
A coleta biométrica para emissão de carteira só será realizada em profissionais mediante registro no SICCAU e apresentação do Diploma de Graduação em Arquitetura e Urbanismo.

Sobre as cidades

Regis Zortea e Laiane Caio são arquitetos e urbanistas que atuam em Garibaldi. Regis destaca que a cidade tem um bom nível de crescimento econômico e social, com manutenção e preservação de seu Centro Histórico. “As edificações restauradas com incentivos municipais estão em perfeito estado de conservação. O trabalho de profissionais de Arquitetura e Urbanismo e Engenharia transmitem bem-estar e segurança para as novas construções”.

“Parte do Centro Histórico foi reformado. Houve ampliação do passeio público e substituição da fiação elétrica tradicional pela subterrânea. O melhor aproveitamento do espaço urbano reflete a evolução dos espaços de lazer e convivência”, avalia Laiane.

Em Bento Gonçalves, a economia da cidade favorece o desenvolvimento da Arquitetura e Urbanismo. “Por possuir uma cadeia produtiva abrangente, além da construção civil, temos a indústria moveleira e grande procura por design e arquitetura de interiores. Também é crescente a participação de arquitetos e urbanistas em serviços vinculados ao turismo e setor vitivinícola”, conta o arquiteto e urbanista Luciano Cavallet.

Em Farroupilha não é diferente. Apesar da crise econômica que desacelerou o ritmo da construção civil no último ano, “a arquitetura é feita de sonhos, pessoas são feitas de sonhos. E isso nunca termina, com ou sem crise. Arquitetura e Urbanismo é fazer com pouco e fazer com muito”, pondera a arquiteta e urbanista Cristiane Chiele.

  • Pin It


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos marcados com * são obrigatórios.

*