Home » Notícias » Destaques, Notícias, Notícias CAU/RS » Não ao pregão: vitória em Capão da Canoa

Não ao pregão: vitória em Capão da Canoa

Print Friendly, PDF & Email

A Prefeitura Municipal de Capão da Canoa, no litoral norte gaúcho, aceitou o pedido de impugnação do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU/RS) e revogou o Pregão Presencial nº 002/2020 que previa a contratação de profissionais de Arquitetura e Urbanismo pela modalidade pregão.

A conquista foi possível a partir da denúncia realizada pelo arquiteto e urbanista Rodrigo Colissi, vice-presidente da Associação de Arquitetos e Engenheiros do Litoral Norte (ACAE-LN).

“O CAU/RS está incentivando os colegas arquitetos e urbanistas de todo o Estado a colaborarem com a nossa fiscalização, denunciando todas as irregularidades que afetem o nosso exercício profissional, como foi este caso em Capão da Canoa”, afirma o presidente do CAU/RS, arquiteto e urbanista Tiago Holzmann da Silva.

Cada arquiteto um fiscal da profissão

Em 2019, o CAU/RS lançou a campanha Cada arquiteto um fiscal da profissão, que incentiva a realização de denúncias por parte da população e dos arquitetos e urbanistas. As ações de rotina de fiscalização crescem a cada ano que passa (cerca de 200% no comparativo entre 2017 e 2019), principalmente por meio do trabalho da equipe do CAU Mais Perto. Com o apoio da população, o objetivo é aumentar também o número de denúncias cadastradas. Saiba mais.

 

 

 

  • Pin It


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos marcados com * são obrigatórios.

*