Home » Notícias, Notícias CAU/RS » CAU, Saergs, Crea e Senge notificam concursos públicos irregulares no estado

CAU, Saergs, Crea e Senge notificam concursos públicos irregulares no estado

Print Friendly, PDF & Email

Foto: Prefeitura Municipal de Esteio

Fiscalizar e regulamentar o exercício profissional no Rio Grande do Sul é um dever do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU/RS). Como parte das atividades realizadas pelo CAU/RS em nome da valorização da profissão, inclui-se a fiscalização de concursos públicos oferecidos aos profissionais da área.

Juntamente com o Sindicato dos Arquitetos (Saergs), o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-RS) e o Sindicato dos Engenheiros (Senge-RS), o CAU/RS encaminhou 18 ofícios, entre 2019 e o início de 2020, para organizadores de editais de concursos públicos em aberto. A remuneração oferecida não condiz com o piso salarial da profissão. Os concursos ofereciam vagas na Fundação Metroplan e nas Prefeituras Municipais de Carlos Barbosa, Esteio, Panambi, Bagé, Dois Irmãos, Santana da Boa Vista, Mostardas, Santa Cruz do Sul, Osório, Novo Hamburgo e Agudo.

Piso Salarial

Em 2019, o piso salarial para arquitetos e urbanistas correspondeu a R$ 5.988 para a carga horária de 30 horas semanais e R$ 8.882,50 para 40 horas, segundo a Lei Federal 4.950-A/66. Atualmente, o valor é de R$6.270 para 30h e R$ 9.351 para 40h.

 

 

Cada arquiteto um fiscal da profissão

Em 2019, o CAU/RS lançou a campanha Cada arquiteto um fiscal da profissão, que incentiva a realização de denúncias por parte da população e dos arquitetos e urbanistas. As ações de rotina de fiscalização crescem a cada ano que passa (cerca de 200% no comparativo entre 2017 e 2019), principalmente por meio do trabalho da equipe do CAU Mais Perto. Com o apoio da população, o objetivo é aumentar também o número de denúncias cadastradas. Saiba mais.

 

 

  • Pin It


4 Responses to CAU, Saergs, Crea e Senge notificam concursos públicos irregulares no estado

  1. Arq. Célio Luiz Damo

    Vocês sabem ou fazem que não sabem que tem jovens formados em arquitetura e engenharia aos montões por ai que não conseguem emprego nem de r$2.000 mensais.
    Totalmente despreparados para o mercado de trabalho. Pregunte aos escritórios do Brasil inteiro se podem pagar este valor do piso com todos os encargos?..Não sejamos hipócritas…o valor do salário deve ser medido por capacidade, competencia e dinamismo.

  2. Foi aberto mais um concurso com valores incondizentes para arquitetos e engenheiros na cidade de Horizontina-RS. Salários de menores de 4mil para jornada de 40h. As inscrições começam na segunda feira. Poderiam dar uma olhada também nesse edital!

  3. Virginia Palhano de Alcantara

    É muito importante a luta por um salário mínimo de arquiteto, principalmente nos órgãos públ
    icos! É um desrespeito e desestímulo ao profissional ganhar menos que o piso salarial! Parabéns ao CAU!

  4. Em bauru também foi aberto concurso com valores abaixo do que é aceitável para desempenhar a função de arquiteto, poderiam dar uma verificada também….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos marcados com * são obrigatórios.

*