Home » Notícias » Destaques, Notícias, Notícias CAU/RS » CAU/RS e CREA-RS debatem ações em conjunto e valorização profissional

CAU/RS e CREA-RS debatem ações em conjunto e valorização profissional

Print Friendly, PDF & Email

Os presidentes Tiago Holzmann da Silva e Nanci Walter estiveram reunidos na tarde desta quarta-feira (10), na sede do CAU/RS.

Arquitetos e urbanistas e engenheiros de todas as especialidades atuam de forma colaborativa e complementar no mercado de trabalho. Da mesma forma, compartilham desafios como dificuldade de reconhecimento, remuneração, entre outros. Por isso, os conselhos profissionais têm muito a colaborar na qualificação dessa atuação, de modo a garantir o crescimento e fortalecimento da presença desses profissionais em todo o Rio Grande do Sul.

Este foi o tema que norteou a reunião entre o presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU/RS), arquiteto e urbanista Tiago Holzmann da Silva, e a presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA-RS), a engenheira ambiental Nanci Walter. O encontro foi realizado na sede do CAU/RS, em Porto Alegre, na tarde desta quarta-feira (10), em visita de cortesia a partir do convite feito pelo Conselho dos arquitetos e urbanistas.

Os dois conselhos profissionais encontram-se em fase inicial de novas gestões, após ambos realizarem eleições no segundo semestre de 2020. “É importante aproveitarmos este momento para aprofundarmos parcerias e ações em conjunto, tendo em vista a defesa da sociedade e também a valorização dessas profissões. Historicamente, arquitetos e engenheiros trabalham de maneira conjunta; precisamos defender e ampliar o acesso da sociedade ao trabalho desses profissionais”, afirma Tiago Holzmann da Silva.

A reunião incluiu o debate sobre temas como o licenciamento de bombeiros e a Lei Kiss, o convênio de fiscalização entre CAU/RS e CREA-RS, o enfrentamento do pregão como modalidade de licitação, licenciamento e a Resolução CGSIM nº 64, o Ensino a Distância (EaD) na Arquitetura e Engenharias, salário mínimo profissional, Empresas Júnior, lei de licitações, entre outras oportunidades de parceria e ações conjuntas.

Para Tiago Holzmann da Silva, a reunião também registrou o tom de receptividade para harmonizar e acordar pontos específicos e divergências que ainda existem entre os dois conselhos. “Minha expectativa deste trabalho em conjunto, em ações que sejam do interesse comum de arquitetos e engenheiros, é muito positiva. A possibilidade de uma discussão bastante franca e aberta sobre divergências que ainda existem entre CAU/RS e CREA-RS nos parece ser uma grande oportunidade que repercutirá no crescimento das duas profissões e na qualificação dos trabalhos realizados pelos conselhos.”

De acordo com Nanci Walter, a reunião foi muito produtiva. “Tratamos de diversas pautas que convergem entre as profissões, várias ações parlamentares. Vamos somar nas nossas gestões e muito trabalho nos aguarda”, afirmou a presidente do CREA-RS, após formalizar o convite para uma nova reunião, desta vez na sede do Conselho dos engenheiros. “Aguardamos o presidente Tiago para que possamos continuar essa parceria e as agendas que vamos construir ao longo de 2021.”

Representando o CAU/RS, também participaram da reunião o Chefe de Gabinete, Fausto Leiria e, de forma remota, a vice-presidente Evelise Jaime de Menezes; o coordenador institucional do Gabinete de ATHIS, Paulo Henrique Soares; ; o gerente Jurídico do CAU/RS, Alexandre Noal dos Santos; a agente de Fiscalização, Andréa Borba Pinheiro, e os conselheiros Andréa Ilha e Rodrigo Spinelli.

 

 

  • Pin It


2 Responses to CAU/RS e CREA-RS debatem ações em conjunto e valorização profissional

  1. Soldado / cabo aprovando projeto de PPCI
    sempre foi uma piada, pega a receitinha do BOLO e segue, cria a maior BURROGRACIA que pode , vira PHD por Decreto, esta pronto para aprovar o PPCI.
    No verão falta efetivo, no inverno falta efetivo porque o estado não contrata. E um PPCI bem tocado demora d 4 a 12 meses tramitando e 1 ano vistoriando corrimão 4 cm menor /troca e recoloca /iluminação mais para a esuerda e ai por diante e que nos representa só debatendo.
    Imagina enfermeira operando, mesmo que ela saiba mais que o residente ela vai presa e ai

  2. Podiam ter colocado em pauta a volta dos arquitetos para o CREA, economizando despesas de um conselho inteiro, e tendo inspetorias regionais. Além de que teríamos também fiscalização.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos marcados com * são obrigatórios.

*