Home » CAU Mais Perto, Destaques, Notícias, Notícias CAU/RS, Oportunidades » CAU Mais Perto no litoral gaúcho: Capão da Canoa e Torres

CAU Mais Perto no litoral gaúcho: Capão da Canoa e Torres

Capão da Canoa. Foto: Divulgação

O CAU Mais Perto estará em Capão da Canoa e Torres para prestar atendimento ao público dias 30 e 31 de outubro. Também haverá fiscalização de obras na região e no Rodeio Crioulo de Imbé. À noite, em Torres, será ministrada uma palestra sobre elaboração de contratos de Arquitetura e Urbanismo com entrada franca.

Confira os dias, horários e locais de atendimento a seguir:

CAPÃO DA CANOA

  • Data: 30/10 – terça-feira
  • Horário: das 9h às 12h e das 13h às 17h
  • Local: Prefeitura Municipal (Av. Paraguassu, 1881)

TORRES

  • Data: 31/10 – quarta-feira
  • Horário: das 13h às 20h30
  • Local: Ulbra Torres (Rua Universitária, 1900)
 Programação sujeita a alterações. Acompanhe em www.caurs.gov.br.

 CAU Mais Perto

É o programa de atendimento e fiscalização que leva o Conselho de Arquitetura e Urbanismo para onde os arquitetos e urbanistas estão. Percorremos o Rio Grande do Sul ao longo do ano e oferecemos, a profissionais e empresas, a mesma qualidade dos serviços prestados na sede do CAU/RS em Porto Alegre.

O que faz?

Queremos conversar e conhecer a realidade dos profissionais no interior do estado. Por isso, conte com a equipe do CAU Mais Perto para esclarecer dúvidas sobre Pessoa Física, Pessoa Jurídica, RRT, fiscalização, entre outras.

E o que mais?

Neste espaço, também é possível realizar a coleta biométrica para emissão da Carteira de Identidade Profissional. Basta apresentar o diploma de graduação em Arquitetura e Urbanismo e o comprovante de pagamento da taxa de emissão do documento.

Fiscalização

Entre as ações do CAU Mais Perto nas cidades está a fiscalização, uma das principais atribuições do Conselho, além de orientar e disciplinar a profissão. A equipe prepara rotas de fiscalização para verificar o cumprimento da legislação em obras, condomínios, feiras e mostras etc. Os fiscais fazem a coleta de dados e, detectada alguma irregularidade, o arquiteto e urbanista, responsável técnico pela obra ou serviço, recebe uma notificação preventiva, tendo 10 dias para apresentar sua defesa ou regularizar sua situação.

O trabalho consiste em verificar os documentos técnicos, como o Registro de Responsabilidade Técnica (RRT) de cada obra. O RRT comprova que um projeto ou execução está a cargo de um profissional habilitado e com situação regular no CAU.

Entre em contato

Abaixo você confere o mapa de viagens já realizadas pelo CAU/RS desde o início do programa. É possível saber quando a equipe esteve na cidade, que atividades realizou e ainda conferir algumas fotos das ações:

  • Pin It


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos marcados com * são obrigatórios.

*