Home » Notícias » Destaques, Notícias, Notícias CAU/RS » Arquitetos e urbanistas realizam Volta Ciclística para debater mobilidade em Porto Alegre

Arquitetos e urbanistas realizam Volta Ciclística para debater mobilidade em Porto Alegre

bike

Em 25 de fevereiro de 2011, Porto Alegre virou notícia no Brasil e no mundo após um carro avançar contra o grupo Massa Crítica que seguia pela Rua José do Patrocínio, no bairro Cidade Baixa. Na última quarta-feira (23/11), Ricardo Neis foi a júri popular por tentar forçar a passagem pelo grupo de 150 ciclistas, sendo condenado por tentativas de homicídio e lesões corporais. Não foi o primeiro caso de atropelamento de ciclistas na capital e estava longe de ser o último.

A fim de promover o debate sobre mobilidade urbana e melhoria nas relações entre as vidas em trânsito nas cidades, o Sindicato de Arquitetos do Estado do Rio Grande do Sul (SAERGS) e o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB RS) realizam no dia 9 de dezembro, às 19h, no Largo Zumbi dos Palmares, em Porto Alegre, a primeira edição da Volta Ciclística dos Arquitetos e Urbanistas – Joel Fagundes em parceria os grupos de ciclistas Ped Alegre, Bike Anjo e Mobicidade.

O ciclista e arquiteto e urbanista Joel Fagundes era sócio da esposa Daniela Corso e utilizava a bicicleta para todo tipo de deslocamento, inclusive profissionalmente. Em 2015, ele foi vítima de um atropelamento por carro e não resistiu. Para a presidente do SAERGS, Andréa dos Santos, “realizar a Volta Ciclística é homenagear Joel Fagundes e todas as pessoas que agem em favor de cidades mais equilibradas e com mais qualidade ambiental, priorizando o espaço urbano para todos”, destaca.

Segundo o ciclista e presidente eleito da Federação Nacional dos Arquitetos (FNA), Cicero Alvarez, “o objetivo é conscientizar as pessoas e os órgãos públicos colocando em pauta a importância do uso dos diversos modais. Menos carros na rua significa mais qualidade no trânsito para os que seguem circulando. Precisamos debater a integração entre modais e o respeito ao Código de Trânsito Brasileiro, que determina a distância segura de um metro e meio em ultrapassagens, número pouco respeitado quando se trata de bicicleta”, avalia.

“Eventos como a Volta Ciclística devem manter uma tradição e continuar acontecendo”, não apenas pela memória de Joel, mas também pela resistência dos grupos que lutam e defendem o desenvolvimento de cidades mais humanas, ressalta Rafael Passos, presidente eleito do IAB RS.

city

100Gurias100Medo

Outro evento acontece nos dias 26 e 27 de novembro em Porto Alegre e debate mobilidade pela perspectiva de gênero. O 100Gurias100Medo é uma iniciativa do coletivo Pedal das Gurias em parceria com as Pedaleirax, de Florianópolis (SC). Entre as atividades permanentes do grupo está o encontro semanal para pedalar toda quinta-feira, às 20h, com saída na Rótula das Cuias.

Estefânia Weber, integrante do Pedal das Gurias e estudante de arquitetura e urbanismo, destaca que o evento visa incentivar ainda mais mulheres a pedalar pela cidade. “Acreditamos que os grupos femininos são fundamentais para que mais mulheres se sintam empoderadas para andarem desacompanhadas de figuras masculinas. Rapidamente elas se sentem seguras para andarem sozinhas também”, avalia.

Sobre as rodas de conversa, Estefânia comenta que existem diferenças entre o deslocamento de mulheres e homens nas cidades. Enquanto elas tendem a fazer deslocamentos mais curtos e diversos, entre casa, trabalho e escola dos filhos, eles ficam, de modo geral, com os deslocamentos mais longos, principalmente entre casa e trabalho. “As nossas cidades deveriam ser projetadas numa escala menor, de bairro, que tornassem os trajetos seguros para as mulheres”, sugere. Estes e outros assuntos serão tratados no evento deste final de semana.

Pedal das Gurias. Foto: Nica Fochesatto / Arquivo pessoal

Histórico

A Volta Ciclística começou em 2015 como uma ação do SAERGS em memória do arquiteto e urbanista Joel Fagundes. Ciclista, Joel foi vítima de atropelamento por carro quando pedalava na Avenida Severo Dullius, em Porto Alegre. O Arquiteto e urbanista tinha 60 anos e utilizava a bicicleta como principal meio de transporte dentro e fora da cidade. Era conhecido pela sua genialidade criativa referenciada nos trabalhos que realizou na Bienal do Mercosul.

Agende-se!

  • O quê? 1ª Volta Ciclística dos Arquitetos e Urbanistas – Joel Fagundes
  • Quando? 09/12/2016, sexta-feira, às 19h
  • Onde? Saída do Largo Zumbi dos Palmares – bairro Cidade Baixa – Porto Alegre/RS
  • Evento no Facebook: http://bit.ly/2fb24FR
  • Pin It


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos marcados com * são obrigatórios.

*