Memorial do CAU/RS

Finalidade

O Memorial do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul (CAU/RS) tem por finalidade recuperar, conservar e divulgar testemunhos materiais e imateriais representativos da trajetória e da história do Conselho e da Arquitetura e do Urbanismo produzidos no Rio Grande do Sul e no Brasil, proporcionando o aperfeiçoamento das atividades institucionais no que diz respeito ao cuidado com o patrimônio cultural, bem como o fomento à pesquisa e a geração de conhecimento na área.

Como acessar o Memorial

Ter acesso ao Memorial do CAU/RS é mais fácil do que você imagina. Basta estar ciente das normas e procedimentos que constam neste documento. Para agendar sua visita, não esqueça de preencher a ficha de cadastro e assinar o Termo de Responsabilidade.

Normas e procedimentos de consulta ao acervo do Memorial do CAU/RS

  1. O horário de funcionamento para pesquisa externa é de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h.
  2. A consulta é permitida a qualquer cidadão.
  3. Há disponibilidade de consulta a todos os documentos acervados, salvo que exista determinação de sigilo vigente.
  4. A consulta deverá ser agendada com antecedência mínima de 2 (dois) dias, através do e-mail: memorial@caurs.gov.br.
  5. Os usuários devem se direcionar ao atendimento do CAU/RS.
  6. Para consultar o acervo, o usuário deverá preencher ficha de cadastro e o termo de responsabilidade, os quais serão disponibilizados pelo servidor da Unidade de Memorial.
  7. Na sala reservada para o período de pesquisa aos usuários, não será fornecido pelo CAU/RS acesso à internet, sendo de responsabilidade do usuário, portar os objetos necessários às anotações de dados, como notebook, tablet, telefone celular, papel e lápis, sendo estes os únicos objetos permitidos na sala de pesquisa.
  8. Os documentos poderão ser digitalizados mediante autorização dos servidores do Memorial, em equipamento do próprio usuário, na sala reservada para pesquisa. Conforme o tipo de documento acessado, poderá ser avaliada a possibilidade e as condições de digitalização dos documentos pesquisados pelo CAU/RS.
  9. É permitida a permanência de até 20 (vinte) dossiês de documentos e 10 (dez) pranchas arquitetônicas, simultaneamente, na sala de pesquisa, devendo o usuário devolver parte ou a totalidade dos documentos já consultados para proceder o pedido de outros documentos.
  10. A pesquisa deverá ser feita pelo usuário, com orientação dos responsáveis pelo Memorial.
  11. Não é permitido o acesso do usuário às áreas de guarda dos documentos.
  12. Não é permitido fumar, portar bebida ou alimentos no recinto da sala de pesquisa e dos setores arquivísticos.
  13. Deve-se manter silêncio na sala de pesquisa.
  14. Após a consulta, os documentos devem ser deixados sobre a mesa, organizados da mesma forma como foram recebidos, devendo ser chamado o responsável pelo Memorial para a verificação dos documentos.
  15. É obrigatório o uso de luvas de látex para manuseio dos documentos, o qual deve ser feito com muito cuidado, considerando a fragilidade do suporte físico.
  16. Não é permitido o uso de canetas na sala de pesquisa, sendo autorizado o uso de lápis.
  17. Não é permitido apoiar os braços ou escrever sobre o documento.
  18. É permitido fotografar o material pesquisado, porém sem o uso de flash.
  19. Não é permitido fazer cópias em papel.
  20. Os documentos do acervo não poderão ser retirados para empréstimo.
  21. É proibido qualquer tipo de dano à documentação, estando o usuário sujeito a penalizações.

O não cumprimento destas normas impossibilitará nova consulta ao acervo do Memorial.

Os casos omissos serão avaliados pela Gerência do Memorial do CAU/RS.

Contato

  • Endereço: Rua Dona Laura, nº 320 (14º andar) – bairro Rio Branco – Porto Alegre/RS – CEP: 90430-090
  • Telefone: (51) 3094-9800
  • E-mail: memorial@caurs.gov.br